Harry Potter Pride RPG 4.0 - HP Forum
Membro? >> Faça Login
Visitante? >> Bem vindo! Registre-se e começe a jogar!

Inimiga Mortal (gêneros contidos no primeiro post)

Ir em baixo

Inimiga Mortal (gêneros contidos no primeiro post) Empty Inimiga Mortal (gêneros contidos no primeiro post)

Mensagem por Jass Hebstropher em Qua Fev 29, 2012 11:14 pm

Sinopse: Felícia... Ou melhor, Felícia Marvolo Riddle acaba de entrar na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, e parece que a fama negativa de seu pai vai lhe fazer temida... Será que ela vai gostar disso? Mas, é claro que vai!
E outra pessoa que também vai adorar essa situação é Draco Malfoy...
Ou será que não...?
Será que ela vai se encantar com o arqui-inimigo de seu pai, Harry Potter? Ou será que ela vai preferir o Draco Malfoy? Ou ela vai ser uma inimiga de tudo e de todos?
Só lendo para descobrir a história da última herdeira de Slyterin!

Classificação: +13 
Gêneros: Ação, Amizade, Aventura, Comédia, Drama, Fantasia, Mistério, Romance, Suspense, Tragédia, Universo Alternativo
Avisos: Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Comentário Adicional: Unica fic contra os meus princípios: personagem principal ser da Sonserina. Enredo baseado no fascinante romance de J.K. Rowling, Felícia e outras personagens que irão aparecer são de minha autoria.
Link da Fic Já Completa: https://www.fanfiction.com.br/historia/129152/Inimiga_Mortal


Capítulo 1 - A Escolha

- Eu tenho certeza que ficarei na Sonserina – disse o loiro de olhos acidentados para dois “grandes, fortes e gordos bobocas”, que deveriam ser seus guarda-costas.

De longe, naquela aglomeração, eu via o arqui-inimigo de meu pai, Harry Potter, que quase tirou a vida de meu amado pai, e por tantos odiados, Tom Marvolo Riddle, ou como é melhor conhecido, Lord Voldemort, herdeiro de Sonserina... :

- Me sigam – disse a velha McGonagoll, quem me mandou a carta para me ingressar em Hogwarts, soube por fontes confiáveis que ela era a responsável pela casa da Grifinória.

Entramos no Grande Salão, eu ainda não tinha conseguido nenhum amigo, não falava com ninguém, e ninguém me chamou para conversar, a única pessoa que conversou comigo foi uma garota que apareceu no trem para perguntar se eu tinha visto um sapo.

O teto é enfeitiçado para parecer o céu à noite, velas flutuantes ajudam na iluminação, junto com o fogo:

- Quando chamar seus nomes, quero que dêem um passo a frente, vou colocar o Chapéu Seletor em suas cabeças e eles vai designá-los para a casa que vocês devem ir – disse McGonagoll – Anna Abbout!

A garota foi apreensiva, sentou no banco e a McGonagoll colocou o chapéu em sua cabeça, ele demorou um pouco para responder, até que ele grita “Lufa-Lufa!” e ela sai correndo para uma das mesas...

Chama um, e mais outro, até que:

- Draco Malfoy!

Aquele loiro de olhos acinzentados foi calmamente até o banquinho e sentou, o chapéu mal encostou em sua cabeça e já gritou:

- Sonserina!

Ele sorriu e foi para a mesa da Sonserina... Mais um, mais outro:

- Hermione Granger!

Ela foi tentando se acalmar, um Weasley (facilmente reconhecíveis) cochichou com o Harry Potter alguma coisa sobre a garota:

- Que feio... – debochei.

- Do que você está falando? – perguntou o Weasley com uma cara tosca.

- Sobre a sua atitude contra a menina... – expliquei virando o meu olhar para o Potter, ele colocou a mão na cicatriz – algum problema, Potter? – a garota já avia sido classificada (Grifinória)

- Nenhum... – ele olhou para os meus olhos azuis com aqueles olhos verde-vivos, com uma expressão de quando não vamos com a cara de alguém.

Foram mais alguns, até que...:

- Felícia... – a professora deu uma pausa e olhou para Dumbledore – Marvolo Riddle.

Eu comecei a subir as escadas, e alguém soltou uma pergunta:

- Ei! Riddle não é o sobrenome de Você-Sabe-Quem?

Eu me virei vitoriosa, quando já havia subido as escadas:

- Sim, é... Lord Voldemort é quem eu chamo de pai! – falei em resposta e me virei para o Chapéu Seletor.

- Sonserina! – ele gritou, e eu fui andando, seguida por olhares de medo e aplausos da mesa de Sonserina, me sentei ao lado de Malfoy.

- Draco Malfoy – ele estendeu a mão – prazer.

- Felícia Marvolo Riddle – eu apertei a mão dele – o prazer é meu.

Ali foi selado um pacto, deu para sentir que eu e Draco seríamos grandes aliados:

- Harry Potter!

O alvoroço foi igual a quando souberam da minha família, ele sentou e colocou o Chapéu Seletor, deu para ouvir ele sussurrando “Sonserina não!”, eu ri baixinho seguida de Malfoy e uma garota com cara de Buldog, Pansy Parkinson, logo:

- Melhor que seja... Grifinória!

Ele foi sorrindo para a mesa da Grifinória... Depois teve mais algumas pessoas e o Weasley, que também foi para a Grifinória.

Quando terminei o banquete, desci junto ao Draco (e o resto da Sonserina) para a nossa Sala Comunal, que fica nas masmorras:

- Puro-sangue! – disse o nosso monitor.

Eu e Draco nos entreolhamos e sorrimos, entramos na Sala Comunal, ela é um aposento comprido e subterrâneo com paredes de pedra rústica, de cujo teto pendiam correntes com luzes redondas e esverdeadas. Um fogo ardia na lareira encimada por um console de madeira esculpida e cadeiras de espaldar alto:

- Até amanhã, Malfoy!

- Até amanhã, Riddle!

Assim, fui para o meu dormitório e encontrei a minha coruja, ela é bege e branca, e seu nome é Nagini, em homenagem a fiel companheira réptil do meu pai.

Arrumei as minhas coisas e fui dormir...
Jass Hebstropher
Jass Hebstropher
Corvinal
Corvinal

Mensagens : 29
Feminino Respeito às regras :
Inimiga Mortal (gêneros contidos no primeiro post) Left_bar_bleue100 / 100100 / 100Inimiga Mortal (gêneros contidos no primeiro post) Right_bar_bleue

Data de inscrição : 02/02/2012
Idade : 21

Registro Bruxo
Personagem: Jass Hebstropher
Nível: 1
Casa de Hogwarts:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum